post-title Super Vesícula

Super Vesícula

Saber

Esta semana realizamos uma cirurgia de que podemos chamar de “super vesícula”.

Normalmente o órgão possui entre 7 e 9 centímetros. O procedimento envolveu a retirada de uma vesícula de 25 centímetros.

O paciente operado tem 23 anos. O tamanho da vesícula foi ocasionado por dilatação progressiva devido a obstrução por cálculo de longa data.

Contudo, o aspecto gigante do volume do órgão e seu conteúdo líquido se configuram em um caso raro.

Tal situação poderia ter sido evitada se um tratamento precoce tivesse sido realizado logo do surgimento dos primeiros sintomas.

Neste caso específico, o exame clínico mostrou uma vesícula biliar palpável e as imagens ultrassonográficas confirmaram colecistolitíase.

Portanto, foi indicada ressecção cirúrgica e o ato operatório mostrou gigante dilatação da vesícula com mais de 25cm de comprimento e uma colecistectomia laparotômica foi realizada sem intercorrências pré-operatórias.

É importante ressaltar que o tamanho da vesícula, o tamanho dos cálculos (pedras) e o nível da infecção normalmente não é um impeditivo para o procedimento ser realizado por videolaparoscopia.

Sobre a formação de cálculos biliares:

  • O fígado pode secretar muito colesterol, que é transportado com a bile para a vesícula biliar, onde o colesterol em excesso forma partículas sólidas e se acumula.
  • Os cálculos biliares às vezes provocam dor abdominal que pode durar horas.
  • A ultrassonografia é bem precisa para a detecção de cálculos biliares.
  • Se os cálculos biliares provocarem dor recorrente ou outros problemas, é recomendado que a vesícula biliar seja removida.

A maioria dos distúrbios da vesícula biliar e dos dutos biliares é usualmente provocada por cálculos biliares.

Se os pacientes com cálculos não tratarem e nem eliminarem as causas, correm o risco de ter uma chamada vesícula gigante.

A maioria dos cálculos biliares não causa sintomas. Porém, se sintomas ou outros problemas ocorrerem é necessário tratar.

É comum muitas pessoas removerem cirurgicamente a vesícula biliar, porém, incomum se observar grandes dimensões.

1

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *