• +(51) 3035-1716 / (51) 3035-1718 / (51) 99115-8784

Tag Archives: hérnia inguinal

O que é uma Hérnia?

Hérnia  é definida como uma protusão de um órgão ou parte dele através de um orifício natural ou adquirido por algum motivo.
Temos realizado inúmeras cirurgias de hérnias com bastante sucesso. A maioria delas com mini incisões
e sempre com novas tecnologias, buscando trazer aos nossos pacientes maior conforto e mais rápida recuperação.
VentralHernia2

Existem diversas possibilidades de hérnias. Os três principais tipos, em ordem decrescente de ocorrência são:

  • Hérnia inguinal: ocorre na virilha. Em indivíduos do sexo masculino, podem estender-se até os testículos levando à hérnia inguinoescrotal.
  • Hérnia umbilical ou paraumbilical: surge ao redor do umbigo e normalmente são causadas pela passagem de alguma alça intestinal através da musculatura. Ocorre mais comumente em bebês e costumam desaparecer espontaneamente.
  • Hérnia epigástrica: surge na linha média do abdome, como consequência do afastamento dos músculos reto abdominais.

Outros tipos de hérnia compreendem: hérnia femoral, hérnia incisional, hérnia de hiato esofágico, hérnia muscular, hérnia diafragmática, hérnia de Petit, hérnia de disco, hérnia cerebral, entre outras.

Para exemplificar a formação de uma hérnia, pode-se usar o exemplo de hérnias que ocorrem com órgãos da cavidade abdominal. Esta condição normalmente surge quando o indivíduo realiza um movimento que necessite de muita força, tossir ou realizar qualquer tarefa que eleve a pressão na cavidade abdominal.

Basicamente, a cavidade abdominal é o local onde se encontram os intestinos, estômago, fígado, baço, entre outros. Todos permanecem nos seus respectivos lugares por meio das aponeuroses, músculos e pele, com algumas regiões protegidas por ossos. Contudo, quando, por alguma razão, esta parede fica debilitada pode haver a formação de um orifício na parede muscular e aponeurótica da parece, sendo que os componentes existentes na cavidade abdominal tendem a deslizar para o orifício, resultando em uma protusão.

Outro ponto importante é o tamanho do orifício, sendo que se ele for grande, provavelmente irá causar apenas certo desconforto ao paciente, enquanto que um orifício diminuto poderá causar um estrangulamento do órgão herniado. Essa situação é considerada uma emergência médica, pois, nesse caso, o paciente corre risco de morte, necessitando ser operado rapidamente, uma vez que o órgão em questão fica sem receber suprimento sanguíneo, o que pode evoluir para isquemia e necrose. (Fonte: Ig)

Opte por viver melhor – Cuide de você!

– Dê preferência a alimentos integrais em substituição aos carboidratos refinados. Os integrais levam mais tempo para serem digeridos, promovendo maior tempo de saciedade e melhor funcionamento do intestino.

viver com saude Dr. João Couto-2

– Evite alimentos muito calóricos no jantar, isso pode prejudicar o sono. Além disso, como o metabolismo fica mais lento à noite, o gasto de calorias nesse período será menor, podendo gerar ganho de peso.

viver com saude Dr. João Couto-1

– Exercitar o corpo é fundamental para promover condicionamento físico, aumentar a longevidade e diminuir o estresse. Para quem tem mais de 40 anos, exercícios físicos ajudam a manter a massa muscular. A prática é importante porque parte do metabolismo depende da massa muscular.

viver com saude Dr. João Couto-6

– Lembre-se – medicamentos só sob orientação médica. Sem o acompanhamento profissional, as pessoas tendem a tomar medicação errada, em excesso ou ainda deixar de tomar medicamentos que realmente precisam.

viver com saude Dr. João Couto-7

– Abandone hábitos negativos para sua saúde como fumar ou beber álcool – Busque informações sobre formas de parar de fumar ou de consumir álcool em excesso. O cigarro é de fato um causador de inúmeras doenças e sobrecarrega muito o aparelho pulmonar e o sistema circulatório. O álcool, além de trazer problemas comportamentais, de causar acidentes de transito, é bastante nocivo ao fígado e ao pâncreas, que são fundamentais para o nosso metabolismo.

viver com saude Dr. João Couto-3

– Lembre-se, seu corpo precisa de hidratação – o consumo de líquido ao longo do dia, preferencialmente água é indispensável. A ingestão de líquidos mantém o metabolismo em constante movimento, assim como a atividade das células corporais e o funcionamento do intestino. Tome água regularmente sem esperar a sede chegar, se isso acontecer, já é sinal de que o corpo está desidratado.

Hérnia inguinal com mini incisões – HMI

Clínica Dr. João Couto Neto

Hoje realizamos em nossa clínica uma cirurgia com uso de tela tridimensional – Perfix Bard.
O paciente teve mínimo desconforto, com incisão de 3 a 4 cm na região inguinal e pouco tempo de permanência hospitalar – teve alta uma hora após a cirurgia ter sido realizada. O retorno para suas atividades será rápido e seguro – em sete dias e com recorrência próxima a zero.

Cirurgia de Hérnia Inguinal
Estamos terminando essa sexta-feira com bastante satisfação!

“E lá estava esta pessoa maravilhosa de um coração enorme”

Em meio à gratificantes publicações de pacientes e amigos registrados em nossa página profissional, Tassiani nos emocionou – o depoimento abaixo complementa seu agradecimento, com palavras de carinho e afeto.

Obrigada Tassiani!  

Fazem 8 anos… Ou talvez um pouco mais que conheci a pessoa João Couto. Sim, porquê o Dr. João Couto já conhecia, pois trabalhava no mesmo hospital que eu estava doente, onde passei por algumas cirurgias. E lá estava esta pessoa maravilhosa de um coração enorme e de grande persistência pela vida.

Doutor, passo hoje para te agradecer por tudo, por nunca ter desistido de mim. Gostaria que soubesse o quão importante o senhor foi mim, para que eu nunca desistisse. E que saibas que estará sempre em minhas orações, pois hoje depois de tudo que passei, graças ao teu empenho de me curar, estou bem e constitui uma linda família e um filho que quem sabe um dia será mais um aluno teu. Obrigada, que Deus continue sempre abençoando você e sua família.  

E que se multiplique no mundo pessoas como senhor, de coração nobre e de mãos guiadas por Deus.

tassiani

Hérnia Inguinal – Fernando Alberto Gomes

Fernando Alberto Gomes pergunta: “doutor, pode me falar o que é uma hérnia inguinal? quero saber como ela aparece”

Dr. João Couto responde: “A hérnia pode ser definida como uma área de fragilidade da parede abdominal que possibilita a saída de conteúdo intra abdominal, provocando abaulamento.

Você pode nascer com a hérnia ou pode adquirir a hérnia durante a vida, geralmente decorrente de algum tipo de esforço físico.”

2013-illustration-abdominal-wall-hernias

 

Tela tridimensional: Uma revolução na cirurgia de hérnia

publicação cientifica - Dr. João Couto

“A hérnia ocorre quando o intestino ou uma porção de gordura se protrai através de um orifício nos músculos do abdômen. Suas causas estão ligadas a dois fatores principais: predisposição (predomina no jovem) e enfraquecimento da musculatura (predomina no adulto). Ambos estão combinados na grande maioria dos casos.

O primeiro sintoma da hérnia é um abaulamento na região inguinal ou umbilical (mais comum), acompanhado de dor e desconforto quando a pessoa se levanta ou pratica alguma atividade física. Quando se deita ou fica quieta, a hérnia se recolhe, e o abaulamento desaparece.

As hérnias mais comuns são das regiões inguinais e umbilicais. Todas são de tratamento cirúrgico, com colocação de telas na sua grande maioria. As possíveis complicações são o encarceramento, que ocorre quando o intestino fica retido no interior do saco herniário, não retornando para dentro do abdômen; e o estrangulamento – quando uma parte do intestino retido no saco herniário começa a sofrer uma diminuição da circulação sanguínea em virtude de aperto, o que pode levar a necrose e perfuração desse segmento de intestino. Esta complicação pode ocorrer tanto em pessoas com hérnias pequenas quanto naquelas com hérnias volumosas.

Existem inúmeros métodos de correção das hérnias. Idealmente, queremos um método que permita menor tempo de internação, retorno às atividades normais em poucos dias, anestesia local com sedação quando indicado, mínimo grau de desconforto, recorrência próxima de zero e, claro, eficácia com segurança.

A utilização de telas tridimensionais reúne todas estas características. Preferencialmente, optamos pela utilização de duas telas – Perfix Light Bard e Ventralex. Tais dispositivos são inseridos com incisões mínimas, em regime ambulatorial e com anestesia local, possibilitando maior conforto ao paciente, além de rápido retorno às atividades diárias.

O avanço da videolaparoscopia em todos os setores da cirurgia é inegável. Na correção das hérnias inguinais e umbilicais, todavia, ela encontra outra técnica segura, viável, com custo diminuto e que reúne todas as suas vantagens – as telas tridimensionais. Todo cirurgião deve ter expertise em ambas, elegendo a alternativa que se adapte melhor ao paciente.”

Publicado na Revista R – Edição 1 numero 3 – página 13