• +(51) 3035-1716 e (51) 3035-1718

Adrenalectomia

glandula adrenal-dr couto

Adrenalectomia videolaparoscópica – glândula adrenal ou suprarenal

No passado, a adrenalectomia era realizada por laparotomia.
A partir de 1992 foi relatada a primeira adrenalectomia videolaparoscópica, e desde então vários estudos comparativos têm demonstrado as vantagens que ela oferece quando comparada com a cirurgia convencional por via aberta. As adrenais ou suprarrenais são pequenas glândulas situadas acima dos rins. Estas glândulas são responsáveis pela síntese de alguns hormônios vitais para o nosso organismo.

Glandula_supra-renal

As glândulas adrenais produzem a aldosterona, importante para manutenção da pressão arterial e volume sanguíneo circulante; os corticoides, essenciais para várias funções orgânicas; as catecolaminas, que são os hormônios que controlam a parte autônoma do nosso organismo (adrenalina e noradrenalina); e hormônios sexuais.
A cirurgia na maioria das vezes é feita por laparoscopia – técnica por vídeo, com alguns pequenos cortes no abdômen – precisa de anestesia geral.

PÓS-OPERATÓRIO – Assim que terminar a cirurgia o paciente é encaminhado para R.A. (sala de Recuperação Anestésica) localizada no Centro Cirúrgico ou para a U.T.I. (Unidade de Terapia Intensiva) dependendo da cirurgia e condições clínicas. Após a alta da R.A. retornará para um leito na Unidade de Internação, onde ficará sob cuidados da enfermagem, até que receba alta pelo médico.