• +(51) 3035-1716 e (51) 3035-1718

Dr. João Couto Responde

doctor-5

Hérnia Umbilical – Paulo Roberto

Pergunta de Paulo Roberto:
HÉRNIA UMBILICAL DÁ MUITA DOR DE CABEÇA? E A ANESTESIA É LOCAL OU GERAL? E ONDE E DADA?

Dr João Responde:
Hérnia umbilical não está relacionada com dor de cabeça.
A dor da hérnia é geralmente no local podendo aumentar com os esforços

Pode sim ser feita com anestesia local. A anestesia local é feita em torno da cicatriz umbilical associada ou não a sedação.

No nosso serviço optamos sempre pela sedação realizada pelo nossos anestesistas (Clinica Hamburguesa de Anestesiologia), obtendo com isso o máximo de conforto e segurança para o nosso paciente.

umbilical-hernia

laproscopic-umbilical-hernia-repair

umbilical-hernia-repair-mesh

doctor_20

Cuidado pós-operatório – Guilherme Welter

Guilherme Welter pergunta: “Boa tarde Dr. Couto, depois da cirurgia quais os cuidados devo ter com o local operado?”

Dr. João Couto responde: “Mantenha o local operado com curativo oclusivo com compressas de gaze e esparadrapo, evitando molhar a região por 24 horas. Depois do primeiro dia, o curativo pode ser retirado, mantendo-se somente as fitas de Micropore. O local operado deverá ser lavado com água e sabão durante o banho. Se as fitas caírem durante esse procedimento, não se preocupe, basta substituí-las por Micropore”.

 

Untitled-1

Hérnia pode voltar – Lucas Eduardo Silva

Lucas Eduardo Silva pergunta: “Doutor, uma hérnia pode voltar após a operação?”

Dr. João Couto Responde: “Sim. Esta condição denominamos de hérnia inguinal recidivada. Quando utilizam-se técnicas clássicas de correção de hérnia inguinal (sem tela), os índices de recidiva podem atingir até 35%. Entretanto, as técnicas modernas que utilizam tela de polipropileno permitem que esses índices sejam reduzidos para cifras inferiores à 0,1%”.

Stylized illustration of an inguinal hernia, with the internal structure visible through the body, along with a zoomed out cross section of the hernia. --- Image by © Science Picture Company/Science Picture Co./Corbis

Stylized illustration of an inguinal hernia – Image by © Science Picture Company/Science Picture Co./Corbis

doctor3

Hérnia – Ricardo Souza

Ricardo Souza pergunta: “Boa tarde doutor, gostaria de saber se tem como curar hérnia sem cirurgia. E se não operar tem risco?”

Dr.João Couto responde: “Não existe medicamento que possa curar uma hérnia. Uma vez com hérnia, ela só poderá ser curada com cirurgia.

A tendencia natural para quem não é operado é ocorrer aumento. Não há limite para o crescimento de uma hérnia, podendo em alguns casos atingir grandes proporções.

O perigo maior de uma hérnia ocorre quando uma porção de intestino fica encarcerada, não sendo possível seu retorno para o interior da cavidade abdominal, podendo sofrer desta forma um “estrangulamento” (falta de suprimento sanguíneo). ”

umbilical-hernia_thumb

 

doctor10

Hérnia Inguinal – Fernando Alberto Gomes

Fernando Alberto Gomes pergunta: “doutor, pode me falar o que é uma hérnia inguinal? quero saber como ela aparece”

Dr. João Couto responde: “A hérnia pode ser definida como uma área de fragilidade da parede abdominal que possibilita a saída de conteúdo intra abdominal, provocando abaulamento.

Você pode nascer com a hérnia ou pode adquirir a hérnia durante a vida, geralmente decorrente de algum tipo de esforço físico.”

2013-illustration-abdominal-wall-hernias

 

doctor_16

Vesícula – Claudia

Claudia pergunta: “Estou com cirurgia para retirar a vesícula que está cheia de pólipos. Gostaria de saber se vai para biópsia, quanto tempo recebo o resultado?
A cirurgia vai ser feita por vídeo. Eu recebo a gravação?”

Dr. João Couto responde: “A cirurgia da vesicula biliar é preferencialmente realizada por vídeolaparoscopia. Podendo ocorrer conversão para cirurgia aberta em poucos casos ( menos de 5%). Todo o material retirado em uma cirurgia é encaminhado para biopsia e seu resultado fica pronto em aproximadamente 7 dias.

Presentear o paciente com a gravação do seu procedimento é a preferência da nossa equipe porém dependemos das condições técnicas da instituição onde será realizada”

doctor-5

Hérnia – Luiz Gustavo Oliveira

Luiz Gustavo Oliveira pergunta: “dr. couto meu nome é Luiz Gustavo Oliveira, pode me dizer se a hérnia pode voltar mesmo depois da operação?”

Dr. João Couto responde: “Sim. Esta condição denominamos de hérnia inguinal recidivada. Quando utilizam-se técnicas clássicas de correçãoo de hérnia inguinal (sem tela), os índices de recidiva podem atingir até 35%. Entretanto, as técnicas modernas que utilizam tela de polipropileno permitem que esses índices sejam reduzidos para cifras inferiores à 0,1%.”

doctor-7

Hérnia – João Luiz Pereira

João Luiz Pereira pergunta: “boa tarde dr. Couto, meu nome é João Luiz Pereira, tenho hérnia, o sr. pode me dizer que risco eu vou ter se não for operado?”

Dr. João Couto Responde: A tendência natural é ocorrer aumento. Não há limite para o crescimento de uma hérnia. podendo em alguns casos atingir grandes proporções.

O perigo maior de uma hérnia ocorre quando uma porção de intestino fica encarcerada, não sendo possível seu retorno para o interior da cavidade abdominal, podendo sofrer desta forma um “estrangulamento” (falta de suprimento sangüíneo).

 

doctor15

Hérnia – Lurdes de Fátima

Lurdes de Fátima pergunta: “bom dia dr. Couto, gostaria de saber como eu posso saber se tenho hérnia ?”

Dr. João Couto responde: Muitas vezes é fácil perceber. Quando provoca-se um aumento da pressão intra-abdominal, poderá notar  um aumento de volume localizado em determinada região do abdome. Este aumento de volume normalmente desaparece quando em repouso e deitado. Pode ser acompanhado de dor de intensidade variáveis ou até mesmo ser indolor.

 

doctor_9

Hérnia – Maria Lurdes Moreira

Maria Lurdes Moreira pergunta: Como se forma uma hérnia?

Dr. João Couto Responde: Imagine que a parede do nosso abdômen, seja como um pneu. Existem diversas camadas entre a cavidade abdominal e a pele composta de gordura , músculos e um camada mais interna, que fica antes de “entrarmos” no abdômen, chamada de aponeurose. Esta quando comparada com o pneu seria a “cinta”. Tanto no pneu quanto na parede abdominal esta é a região mais resistente. Então se houver uma fragilização desta camada ou uma abertura a nível desta camada, haverá um abaulamento, que é chamado de hérnia.

hérnia